quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Digam lá :)

Babes... eu sei q as senhoras não falam destas coisas mas digam lá.

Já sentiram as vossas hormonas a palpitar devido ao cheiro de um homem?


ahahahaha


FDS

Feliz Natal

Meanwhile in Australia
Feliz Natal...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Pior do que trabalhar num sitio em condições precárias é trabalhar num sitio onde os rumores de despedimento são diários.
Andar sempre de rabo apertado é muito mau.


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

80

Desde que me mudei de Cascais para a linha de Sintra que tenho que ser mais contida com as despesas. O meu ordenado tem que esticar, esticar, esticar...
Tenho que pagar a renda, água, luz e gás e em breve Zon pq não dá para viver só com 4 canais e um bebé de 13 meses.
Tenho que pagar o seguro do carro, a gasolina, a comida, o leite e fraldas.
O que sobra é pouco e não dá para esbanjar no que me apetece.
Mas apetecia-me tanto.
Apetecia-me fechar-me num centro comercial e comprar, comprar, comprar.
Enfim...
Ao menos sou independente :) Tenho isso como conforto.

PS: Hoje está a ser um dia daqueles. Doí-me imenso as costas e estou aqui que nem posso.
Ir para casa??? Nem pensar. Não me posso dar ao luxo de perder o prémio de assiduidade.
É triste. Hoje estou triste.

Welcome

Hoje adicionei 590000 mil blogues à minha lista de primos.
Nada como nos mantermos actualizadas. Bem vindas meninas :)


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Consequências


E as consequências de se ser uma NABA até a esticar o cabelo com as placas são:

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Passividade

Oi.

Já reparei que sou totalmente passiva no que se trata de blogs. Gosto de os ler e de me manter actualizada tanto do mundo da moda, culinária e decoração. Não sou, no entanto, nada activa na manutenção do meu. Nem gosto nada de andar a comentar o blog dos outros. Por isso desculpem lá amiguinhas :)
Ao menos sou leitora assídua.





Hoje só me apetecei acordar numa casa de campo. Ouvir a chuva bate na janela, beber um chocolate quente e embrulhar-me numa manta em frente à lareira e ver os episódios que me faltam da 2nd Season da serie Downton Abbey. Enfim.....

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

concurso

Concorri com estas fotos ao MEGA CARTAZ da Pipoca.
Que acham???





terça-feira, 11 de outubro de 2011

Sair

Olá minhas amigas,

Isto não tem andado muito bem para o meu algo. Não sei se alguma vez vos disse mas eu NÃO sou de Cascais, fui para lá levada. E quando falo em Cascais falo em ser puxada para um estilo de vida que não tem nada a ver com o qual nasci.
Eu nasci numa casa modesta onde o dinheiro não era abundante mas que não faltava para a comidinha. Faltava para outras coisas, para comprar roupa, para me inscreverem nas aulas de natação, para lanchar no café.... Enfim...
No ambiente de " Cascais" não faltava nada.
E eu parva aceitei ir. Fui para uma casa que não era minha pensando que no amor não interessavam essas coisas materiais.
Pois é minhas meninas, interessa em Cascais.
A mim não, por isso saí de casa. Já não aguentava mais a pressão de viver numa casa em que constantemente me lembravam que não pertencia ali.
E o estranho é como é que a minha filha não pertencia ali também. Sai. Refiz a minha vida e a da Ema numa semana. Aluguei uma casa nos subúrbios Sintrenses de Lisboa.
Estou mais feliz??? Não sei. Se ele merece que eu esteja feliz? Sim.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Primark

Hoje olhei para o meu roupeiro e tive a leve impressão de que 50% da  minha roupa vem da PRIMARK.

Enfim.... giro e barato há pouco :)

terça-feira, 23 de agosto de 2011

E há mais...

Desta vez estou mesmo a precisar de dinheiro para ajudar a família.
Não sei como mas isso torna-se conhecimento de uma qualquer máfia que se estabeleceu aqui mesmo em Lisboa. Sou então contactada. Oferecem-me 100 mil euros para casar com alguém. As únicas condições exigidas são umas fotos que tenho que tirar com o homem em casa dele.
Será que arrisco? O dinheiro mudará o sentido de tudo o que está a acontecer em meu redor. Valerá a pena? Que me poderá acontecer? Morrer... não morrerei eu se continuar nesta situação?
Arrisco.
Há hora combinada vão buscar-me ao aeroporto. Destino desconhecido. Metade do dinheiro na conta.
Chego a Itália e penso:
- Porque é que alguém em Itália precisa casar comigo?
Ignoro. Metade do dinheiro já me entorpece os sentimentos e pensamentos.
Sigo viagem até uma espécie de villa. Adoro. Decido desfrutar da situação mas os nervos não desaparecem. Não sou tão corajosa quanto quero transparecer.
Dão-me vários vestidos e deixa-me num quarto lindíssimo. O vento entra por uma janela e os cortinados parecem acariciar a minha pele. Será que estou a viver um sonho, será que vou acordar num pesadelo?
Tantas histórias más que já ouvi sobre experiências como estas em que um mundo é oferecido a raparigas e o que recebem é um lugar escuro e sombrio.
Tomo banho e visto-me. Em breve entrará um fotografo como combinado.
Finjo um sorriso, finjo uma imagem de mim que só uma máquina poderia capturar.
Vou para o campo. Cheiro flores, olho o sol e nada de ver o meu noivo.
Estranho ainda mais.
Que quererão de mim? Sou então acompanhada a casa novamente por pessoas sorridentes. Oferecem-me jantar e mais fotos sentada numa mesa. E de repente tudo acaba. Volto para o meu quarto mas não consigo dormir. Sinto uma inquietude inerente à situação. O medo consome-me por dentro. Onde está o meu noivo? Porque será que a imagem do meu noivo me parece acalmar. Adormeço assim , demasiado cansada para protestar contra mim própria.
Acordo com o som de alguém a bater à porta. Abro e entra uma senhora de meia idade que carrega um tabuleiro com uma flor, um bilhete de avião e um recado.
" Voltarei a ver-te no dia nosso casamento"

Cont....

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Há dias assim...

Hoje não sei porque acordei assim aborrecida.
E quando estou aborrecida, pensativa, tenho uma mania ( desde pequena ) de sonhar acordada com outras vidas. E quando falo outras vidas, falo em outros caminhos, outras pessoas.
Gosto imenso. Fecho os olhos, o trabalho assim mo permite, e por momentos imagino-me em situações de verdadeiro entusiasmo e conforto. Acho que tudo isto se deve às minhas memórias de infância, quando a minha avó inventava histórias para nos acalmar de dia excitantes e muito divertidos.
Imaginem vocês também:
- Sou uma mulher muito rica mas com uma extrema necessidade de me recolher e descansar. Compro então uma cabana, no meio dos Alpes Suíços, cuja forma de chegar é unicamente por helicóptero.
E lá vou eu para o meu lugar perfeito. Uma cabana quente, no meio da neve, sem televisão, sem Internet, sem ninguém. Só eu .
Uma lareira enorme, um tapete felpudo, e 1001 livros perfumados por chocolate quente.
Passo os meus dias assim... Leio, cozinho, durmo, oiço musica, recordo....
Dois dias antes de voltar à minha vida activa, oiço um estrondo vindo lá de fora. Como se algo chocasse contra a parede da cabana e corro para ver o que é. E é assim que o vejo pela primeira vez, caído aos meus pés. De onde veio, o que o trouxe?
É alguém.... alguém que sem querer, veio ter comigo. Está inconsciente. Estará ferido?
Levo-o para dentro e tento chamar a protecção civil mas algo corre mal. Está a cair um nevão demasiado intenso e o rádio não funciona.
Volto para junto do corpo quente que lentamente arrefece. Que faço eu? Quem será? Será perigoso? Decido arriscar. Tiro-lhe a roupa molhada e deito-o no tapete felpudo. Não tenho força para mais. E se acorda? E se é mau? Será que o devo prender?
Enfim acorda. Pergunta-me quem sou, que faz ali. Não lhe sei responder.
Pede-me para ir à casa de banho. Vai....

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Odeio

Sabes que tenho um pequeno odeio de estimação, daqueles a que ninguém liga, só eu???
Vou vos contar.
Odeio o facto das pessoas usarem óculos de sol na cabeça durante o trabalho. Existe coisa mais foleira? Ver gente sentada numa secretária o o brilho dos óculos a ofuscar-me a visão é pesadelo total.

Enfim , deve ser da neura que estou hoje.

  Fujammmmmmmmmmm

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Wishlist

My Zara wishlist.


CASACO CRUZADO     GABARDINA CRUZADA
VESTIDO C/ CAVASVESTIDO ASSIMÉTRICO
MINISSAIA DE RENDASAIA COMPRIDA

CALÇAS CAPRICALÇAS C/ PINÇAS


CASACO C/ ALAMARESCAMISOLA PONTO INGLÊSBLUSA ÀS BOLINHASCAMISA ÀS BOLINHAS                                  

PALA E CALCANHAR COMBINADOBLUCHER PELEBOLSA SHOPPER TRANÇASHOPPER CROUTE






Praia

Toda a gente já deve ter reparado que este Verão mais parece uma Primavera com cheiro a Outono. Eu não me importo muito com isso pois não tenho grandes férias nem posso fazer fins de semana de praia por causa da miúda.
Mas o que eu mais adoro ver neste tempo são os resistentes. Aqueles que independentemente de estar um frio do caraças na praia, estão lá batidinhos às 8h da matina. E acreditem que há imensos. Todos os dias são o meu divertimento sempre que vou trabalhar.
Ahhhh e alguns ainda têm a lata de abrir o chapéu de sol.
Nem com a miúda eu me atreveria a ir para a praia com o frio de rachar que se faz sentir de manhã.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Encomendas online.

Adoro fazer encomendas online, adoro quando chegam e as posso abrir . É  Natal outra vez.
Contudo, odeio quando as encomendas não são nada parecido com aquilo que pedi, o que aconteceu hoje de manhã.
Como tenho tenho um trabalho muito exaustivo (tanga) passo muito tempo na net e acabo sempre por cometer loucuras com o meu cartão de crédito. Desta vez, não posso considerar que fosse uma loucura mas, independentemente do preço, o que vos parece encomendar algo ( supostamente de madeira) e receber algo feito de esferovite???????





quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Médica

Desde que me mudei aqui para as redondezas de Cascais, que tenho um medica nova no centro de saúde. E desta vez tive sorte, a médica é muito competente e simpática.
Como já nao tinha uma consulta há imenso tempo ( since I had Ema) decidi marcar uma e como tinha que lá levar a Ema aproveitei.
Os exames que tinha feito antes estavam normais e quando ficamos sem assunto dei por mim a falar dos meus problemas.
Ando nervosa ultimamente, muito nervosa mesmo e descarrego com as pessoas. Com o meu namarido já nem falo, grito. Os meus colegas de trabalho meteram-me a alcunha de bossy e os meus amigos dizem-me que devo relaxar.
Quando fui de férias ( quatro dias) levei os primeiros dois dias a tentar controlar-me. Tudo me provoca um ataque de nervos, desde o facto de alguém deixar areia( da praia) no bidé quando lavou os pés, desde ficar furiosa se adormeci por dez minutos. Enfim, nem sei que vos diga.
Aconteceu também, ir sozinha aos saldos, passar um tempinho para mim e quando cheguei a casa, como a roupa não estava estendida ter começado a chorar desalmadamente.
O que se passa comigo. Não consigo compreender. Parece que estou sempre prestes a chorar ou a bater em alguém. Que estou sempre alerta e na defensiva.
A médica aconselhou-me ir para a Hidro ginástica e para tirar mais uns momentos para mim e para o namarido. Mas sinceramente não sei se isso vai ajudar. Acho que sair só com ele já não faz sentido pois nós somos uma família.
Tenho que parar para pensar. Ando cansada.
Vou tentar a hidro ginástica.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Férias

Ah e vou de férias. Eu sei. Pensem lá:
_ então ela está a trabalhar à dois meses e já tem férias?

Não meus amigos. Ando é a trabalhar à dez dias seguidos para ter quatro de folga seguidinhos.

Take care *

A máquina

Ando obcecada por isto. Sabem o que é?

Amor electro... A máquina

E depois dou por mim aos gritos no carro a tentar cantar esta musica.

Se existe a musica perfeita, neste momento esta é a minha.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Work Vs trabalho

Oi,
Já vos disse que estou a trabalhar ???? Também vos disse que tinha sido chamada para uma equipa internacional pois as chamadas são provenientes do UK e que tem que ser atendidas em Inglês???
Ah pois é. Passados dois meses de trabalho, 4 horas de testes em Inglês e uma licenciatura em Línguas, decidiram que o meu Inglês não era suficiente para disfarçar que estamos em Portugal e mandaram-me para a equipa portuguesa. Nisso não vejo mal nenhum mas que feriu o meu ego feriu.
Podia dar mil justificações, que nunca vivi num país de língua Inglesa, que não tenho amigos Ingleses, que não pratico a conversação... Enfim, até me podia justificar a mim mesma.
Mas fico triste. Triste por não conseguir competir com emigrantes do Canadá, estudantes de erasmus em Inglaterra, programadores provenientes do USA.
Mas olhem, uma coisa eu sei dizer:
- Life is a bich.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Hi there.

Olá...
Bem, a ultima vez que aqui vim disse que iria continuar a " conversa" sobre os supermercados e a verdade é que já lá vão meses .
Como estão meus caros? Tenho tantos seguidores que realmente me custa seguir-vos a vós convenientemente :)
Enfim...
Novidades,
Ah, essas são mtas. A Ema está grande e linda (tem 8 meses) e arranjei trabalho finalmente. Estou num call center :) Ca bommmmm faço parte de uma equipa internacional que dá apoio a uns smartphones hihihihi
O ordenado tem quatro zeros logo não é mau de todo e sinceramente já me resignei a colocar o diploma da faculdade na lareira. Assim para modes de enfeitar.
A verdade é que até que estou a gostar. Fartei-me de conhecer pessoas, coisa que não estava habituada, pois após 4 anos a dar aulas e unicamente a lidar com crianças, os seus pais e outros professores... My God, não sei como não enlouqueci.
Holandeses, Ingleses, Franceses, Polacos.... em fim. Uma panolia de gente engraçada.
Já andava a desesperar de estar em casa.
Bem.... vou sair agora. Pegar no meu carrinho e ir para casa direitinha para os braços do meu bebé. A minha noção de paraiso.

Welcome back Maria :?

terça-feira, 22 de março de 2011

Prima de Cascais

Quando dei o nome a este blog queria que reflectisse uma sensação de não adaptação, de alguém que veio viver para um mundo que não era o seu. Não propriamente o de Cascais, nem o daquela pobre desgraçada que nos filmes vai comer a restaurante fino e não sabe para que servem tantos talheres.
Eu sei perfeitamente comer em restaurantes finos, sei fazer compras um supermercados gourmet e principalmente sei dormir em camas de hoteis super luxuosos.
Só não me sinto bem a faze-lo. Não fui habituada a tal.
E tudo isto porque?
No Sábado fui a um minipreço na linha de Sintra e à noite fui ao Supercor da Beloura. Dois planetas diferente.
( depois continuo....)

sábado, 5 de março de 2011

Dieta


Pois é...

Estamos quase no Verão, estou quase a ir trabalhar e não há roupa que me sirva.

E convençam-me lá a comprar roupa nova de tamanho 40 ou superior. Grito-vos aos ouvidos hhihih

Estou pesadissima mas sou tão mole para fazer exercício. E depois há a problemática de ter vindo morar para esta terra e não conhecer nenhuma alminha que more perto de mim e que lhe apeteça ir correr para o paredão. Só a minha bebé mas ainda não me acostumei a correr com o carrinho. Como aquele anuncio com a Rachel Weisz. Até me arrepio quando o vejo. Já comecei a fazer dieta e como estou tão empenhada nela até pedi ao namarido uma balança digital no dia dos namorados . E não é que ma ofereceu mesmo e agora anda todo empenhado em ficar magro também. Enfim.

Escusado será dizer que desde o dia em que me ofereceu a dita cuja, ainda só diminui 2 quilinhos.

Melhores dias virão.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Gostava sim

Gostava de ter uma tutinha para mim.
Tradução: Uma chucha

Coisas que não se dizem.


Preciso ir imprimir fotos a uma daquelas lojas com maquinas rápidas mas dei-me conta de que é impossível sair de casa com um BIGODE do tamanho do meu.

SHAME ON ME!

Qualquer dia a miúda começa a queixar-se que a pico.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ema

Já nasceu a minha filha!
E agora novidades... lol
Não a serio. A minha vida mudou completamente e se eu já não tinha tempo para actualizar os meus posts ( coisa que não deve interessar mto aos meus milhares de seguidores :) ) agora é que não tenho mesmo.
Enfim... actualizando de forma sucinta.
Tinha mesmo razões para estar nervosa. Mal eu sabia.
A verdade é que fui mesmo internada pois a miúda não havia meio de sair. Passei por dois dias ( nada agradáveis) de indução de parto e mesmo depois das águas rebentarem ainda fiquei 24 horas cheia de contracções. Mas o pior ainda estava para vir. A bebé lembrou-se de respirar o liquido meconio e teve que ser reanimada.
Não há dor maior! Teve que ser internada 7 dias durante os quais eu não vivi. Sobrevivi.
Entretanto veio para casa e aqui está junto de mim. Come bem, chora bem e não é por ser minha filha mas digo-vos é LINDA. Tem uma enorme cabeleira preta e uma pele limpinha e muito branquinha.
É uma felicidade única, mas uma faca de dois gumes. Não só descobri este amor sem limites como descobri a angustia de mãe. O medo do mal que possa acontecer à minha menina. Amo-a.